AirHelp

Saiba o que fazer se o seu voo atrasar 'dentro' ou 'fora' da UE

4,5 milhões de passageiros aéreos já foram afetados por perturbações em voos este ano, em todo o mundo

Os atrasos são cada vez mais uma constante na vida de quem viaja de avião. Estima-se que, só este ano, mais de 4,5 milhões de passageiros aéreos em todo o mundo já foram afetados por perturbações. Sabe o que fazer para ser compensado quando o seu voo sofre um atraso? A AirHelp informa:

Atraso de voos na UE – o que fazer

Guarde bem o seu cartão de embarque e outros documentos da viagem – se não tiver cartão de embarque, pode ser outro documento que indique o número de referência da reserva (um código de seis dígitos, que pode incluir letras e números);

Pergunte por que razão o voo está atrasado – se lhe disserem que é devido a «circunstâncias operacionais» ou «falhas de segurança de voo», peça detalhes. Esta informação é importante, caso queira apresentar queixa;

Tome nota da hora de chegada ao seu destino – a viagem só termina quando o avião está efetivamente estacionado e as portas são abertas. Se estiver mais do que 3 horas atrasado, pode ter direito a uma compensação;

Se for obrigado a esperar no aeroporto mais tempo do que o planeado, peça à companhia aérea que lhe pague as refeições e as bebidas – não é uma simpatia, é uma obrigação;

Não assine nada, nem aceite quaisquer ofertas que possam renunciar os seus direitos;

Opte por esperar por outro voo ou cancelar, caso o atraso exceda as 5 horas – se tiver de pernoitar para esperar por um voo alternativo, a companhia aérea deve cobrir qualquer custo razoável com alojamento e deslocações de e para o aeroporto;

Peça à companhia aérea que lhe forneça um quarto de hotel;

Guarde os recibos se tiver de gastar dinheiro extra – esses documentos são importantes para receber um reembolso;

Verifique se o atraso do seu voo é elegível para uma compensação.

Atraso de voos nos EUA – o que fazer

Guarde bem o seu cartão de embarque e outros documentos de viagem;

Peça comida e bebida durante a longa espera no aeroporto;

Negocie uma compensação com a companhia aérea pelo transtorno causado.

Atrasos em voos internacionais – o que fazer

Guarde bem o seu cartão de embarque e outros documentos de viagem;

Pergunte por que razão o voo está atrasado;

Guarde os recibos se tiver de gastar dinheiro extra;

Com o apoio da AirHelp, a sua situação pode ser compensada até 600 €.

Conheça os seus direitos enquanto passageiro aéreo na plataforma da AirHelp.

* Com o objetivo de reforçar o conhecimento dos viajantes de todo o mundo, a AirHelp escolheu agosto para ser o Mês dos Direitos dos Passageiros Aéreos.

A iniciativa pretende informar e esclarecer dúvidas de como agir perante contratempos causados pelas companhias aéreas ou outros. Para isso, a empresa especializada na defesa dos direitos dos passageiros aéreos e líder mundial na obtenção de compensações por perturbações em voos criou uma plataforma que permite aos viajantes estabelecerem ligação com especialistas globais nesta matéria, assim como uma rede de parceiros de comunicação da informação. Em Portugal, a parceria foi estabelecida com os jornais Sol/i.