Desporto

“O meu filho tem medo de voltar a Portugal. Se viesse cá era preso”

O suspeito de ser responsável pelo roubo de milhares de e-mails do Benfica tem “medo de regressar a Portugal”, afirmou o pai em declarações ao Jorna de Notícias. 

O pai de Rui Pinto - o suspeito de ter roubado milhares de e-mails do Benfica – falou ao Jornal de Notícias (JN) sobre o alegado crime cometido pelo filho, e referiu que se este pensasse em voltar para Portugal, “era preso”, e afirma que tem dúvidas de que o ‘hacker’ tenha feito aquilo de que está a ser acusado pelas autoridades.  

“Duvido muito que ele tenha conhecimentos informáticos para fazer o que o acusam. Não é assim tão perito quanto isso. Emigrou há alguns anos. Acho que está a trabalhar como freelancer em informática”, adiantou o pai de Rui Pinto ao JN.

O suspeito começou a ser investigado pela Polícia Judiciária há cerca de três anos, depois de várias feitas pelo Sporting e pelo fundo de investimento Doyen, que financia passes de jogadores e de treinadores.

Depois disso, juntou-se a queixa de violação de correspondência do Benfica, que viu vários e-mails tornarem-se públicos através do diretor de Comunicação do F.C Porto, Francisco J.Marques.