Desporto

Maratona. Kipchoge bate recorde mundial

O atleta queniano atingiu os 02:01:39

Eliud Kipchoge, do Quénia e de 33 anos, bateu este domingo o recorde mundial da maratona em Berlim, Alemanha, ao terminar a prova com 2:01:39 horas. 

Nos primeiros momentos pós-prova, a organização atribuiu-lhe o tempo de 02:01:40, mas depois reduziu-lhe um segundo. O recorde anterior pertencia a Denis Kimetto, com 02:02:57. 

"Dizem que falhamos duas vezes, mas não à terceira tentativa", afirmou Kipchoge, que também é campeão olímpico. "Faltam-me as palavras para descrever este dia", acrescentou. 

Kipchoge tentou bater o recorde em 2015 e 2017, mas falhou nas ambas. Na primeira, a chuva impediu-o de atingir o objetivo e, na segunda, teve um problema nas sapatilhas.