Vida

Andreia Rodrigues revela que sofreu dois abortos espontâneos

No seu blog “Coisas Nossas”, a apresentadora decidiu partilhar a sua história 

A apresentadora Andreia Rodrigues revelou esta segunda-feira que sofreu dois abortos espontâneos, antes do nascimento de Alice, em maio deste ano.

No seu blog “Coisas Nossas”, Andreia Rodrigues decidiu partilhar a sua história e garante que o fez por este continuar a ser um tema “tabu, sem que tenha necessariamente de o ser”

“Não faço esta partilha como alguém que tem uma profissão pública, mas como mãe, mulher, que sofreu duas situações de aborto e que sentiu receio que os olhares dos outros devolvessem piedade ou comiseração. Acreditei que, ao saber-se, me acusariam de ser frágil e incapaz, como se isso pudesse amputar a minha feminilidade. Falei com algumas amigas e é por saber o quão importante foi para mim que partilhássemos experiências que partilho agora a minha história. Se estas palavras servirem para ajudar alguém a libertar-se de um peso, que não tem de carregar, ou a continuar a ter esperança, já valeu a pena”, escreveu a mulher de Daniel Oliveira.

A apresentadora falou também de todos os momentos de alegria que acabavam por ser seguidos de dor. Tudo no espaço de ano e meio.

"Tal como da primeira vez, ainda deitada na marquesa, tentei manter-me firme, não chorei quando em vez de ouvir o bater do coração, ouvi que o coração já não batia: “não há batimentos” – eu tinha pressentido que algo não estava bem, eu sabia que algo se passava com o meu bebé. Eu já era mãe e deixei de o ser”, contou.

Agora, Andreia Rodrigues partilha a emoção que foi ver nascer Alice, a primeira filha com Daniel Oliveira, em maio.

“Em maio de 2018, tinha finalmente a minha filha  no peito. Ela chorou. E eu senti que era real: “sou mãe”. E chorei. ‘Tens-me aqui filha, sou tua, para sempre’. Hoje quando os nossos olhos se encontram e ela me sorri, percebo que tinha de viver o que vivi para a Alice fazer parte das nossas vidas. Tinha de ser ela. Estávamos guardadas uma para a outra. Ela nasceu e eu nasci também!  Nascemos para uma nova vida”, concluiu.