Tecnologia

CREL vai receber os primeiros testes de carros autónomos esta semana

Os veículos vão ter de ultrapassar obstáculos criados artificialmente sem colocar em causa a sua segurança e de terceiros

A A9/CREL vai ser o palco dos primeiros testes de carros autónomos em Portugal. Os testes começam esta segunda-feira e prolongam-se nos próximos quatro dias numa parceria entre a Brisa, o Instituto Pedro Nunes e a Universidade de Coimbra.

A prova vai acontecer nos dois sentidos da CREL entre o nó da Pontinha e o de Odivelas. Os veículos serão enquadrados por uma formação de veículos da GNR, e utilizarão uma via própria.

Segundo a Brisa, citada pelo Dinheiro Vivo, os testes vão evitar os períodos de maior congestionamento, pelo que deverão realizar-se entre o meio da manhã e o meio da tarde.

Nestes testes, os carros autónomos vão ter de ultrapassar desafios criados artificialmente como por exemplo veículos parados na via, marchas lenta ou piso escorregadio. Ao receber uma notificação, o sistema tem de responder ao desafio que enfrenta sem colocar em causa a segurança do próprio veículo ou de terceiros.

Este projeto pode vir a ser o início de uma nova apostas para os fabricantes de automóveis. No entanto, será também preciso alterar a legislação rodoviária uma vez que as convenções se baseiam nas legislações rodoviárias criadas entre 1949 e 1968 e implicam que só podem circular veículos com condutor.

Recorde que Portugal vai investir 8,35 milhões de euros até ao final de 2020 para incluir estes veículos nas estradas portuguesas. Bruxelas vai apoiar o projeto de estradas inteligentes, conhecido como C-Roads, em 50%. O objetivo é acabar com os mortos nas estradas até 2050, reduzir as filas de trânsito e diminuir as emissões do transporte rodoviário.