Desporto

Jogos Olímpicos. Japão alerta para risco de morte na Maratona

A Associação Médica do país onde se realizarão os Jogos de 2020 aconselha a que a competição se inicie de madrugada devido ao calor intenso esperado em Tóquio por essa altura

O aviso partiu da Associação Médica do Japão: a prova da Maratona nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, pode causar graves danos à saúde dos atletas e demais participantes - inclusive a morte. E tudo devido ao calor intenso que se prevê para essa altura do ano na cidade que irá acolher a competição.

"Estamos seriamente preocupados. O risco de um golpe de calor não é apenas para os atletas, mas também para o ‘staff’ e o público, o que exigirá um pedido anormal de serviços de urgência e que poderá ter consequências para o normal funcionamento das instituições médicas e doentes regulares", ressalvou Kimiyuki Nagashima, responsável máximo do organismo citado, sugerindo que o tiro de partida da prova seja antecipado para as 05h30 da madrugada.

Este verão, recorde-se, Tóquio - bem como todo o país, mas também a península da Coreia e a China - bateram recordes de calor, com a cidade nipónica de Kumagaya a atingir os 41,1 graus, a temperatura mais alta de sempre registada no país nipónico.