Economia

Crescimento. Bruxelas menos otimista que o Governo

Previsões Económicas de Outono foram publicadas esta quinta-feira

A Comissão Europeia estima que o crescimento da economia portuguesa deverá abrandar para os 2,2% este ano e 1,8% em 2019. Estes valores estão abaixo das previsões do Governo, que apontava para os 2,3% e 2,2%, respetivamente.

"A procura interna continua forte, mas o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em Portugal deverá abrandar em 2019 e 2020 face ao enfraquecimento das exportações líquidas", lê-se nas Previsões Económicas de Outono, publicadas esta quinta-feira.

Bruxelas antecipa neste relatório dados para 2020: a Comissão Europeia prevê um abrandamento do crescimento da economia portuguesa para os 1,7%.