Sociedade

Frederico Varandas ouvido como testemunha no processo de Alcochete

Atual presidente do Sporting era médico da equipa na altura do ataque à Academia de Alcochete

Frederico Varandas foi ouvido, esta quinta-feira, no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa na condição de testemunha no processo relativo ao ataque à Academia de Alcochete.

A notícia é avançada pelo site ‘Mais Futebol’, que relembra que a 15 de maio, no dia em que a Juventude Leonina invadiu o centro de treinos do Sporting, o atual presidente do clube de Alvalade era médico da equipa e estava presente.

Frederico Varandas prestou declarações no dia em o Tribunal do Barreiro decidiu que Bruno de Carvalho e Nuno Mendes, conhecido por Mustafá, ficam em liberdade.