Cultura

Pendente de Maria Antonieta vendido por 31,7 milhões de euros

O pendente era a peça principal entre as joias da antiga rainha de França. Ao todo o leilão gerou 38 milhões de euros.

O pendente que terá pertencido a Maria Antonieta foi vendido esta quarta-feira por 36 milhões de dólares (cerca de 31,7 milhões de euros) a um colecionador privado num leilão que decorreu em Genebra.

 “O pendente de Maria Antonieta é simplesmente insubstituível e o preço que atingiu vai além da própria joia”, disse Eddie LeVian, chefe executivo do LeVian Joias, citado pelo El País. O comprador da joia decidiu manter o anonimato.

A leilão foram dez peças da coleção de joias da rainha, que valiam três milhões de dólares (cerca de 2,65 milhões de euros) e que renderam 43 milhões de dólares (38 milhões de euros). Também um gancho de cabelo e um relógio de bolso - que tinham gravadas as iniciais MA - e três flores de Lis foram leiloados na sala de um hotel na costa do lago de Genebra.

As joias de Maria Antonieta foram enviadas para Bruxelas antes de a rainha ter tentado fugir de França com o rei Luís XVI e os seus filhos, devido à Revolução Francesa que terminou com a monarquia. Segundo as memórias de Madame Campan, a camareira da rainha, Maria Antonieta guardou todas as suas joias numa caixa de madeira, envoltas em algodão e enviou-as à irmã, Maria Cristina, que vivia na Bélgica. As joias acabaram por chegar às mãos da filha dos reis, Maria Teresa de França.