Sociedade

Ameaça de bomba na Universidade do Algarve terá sido feita por antigo docente

Suspeito tem conflitos por resolver com a universidade


Uma ameaça de bomba na Universidade do Algarve, esta quarta-feira, obrigou à evacuação de alguns edifícios do campus da Penha.

Um antigo docente da universidade é suspeito de ter sido o autor da ameaça de bomba nas instalações, afirmou o diretor da Escola Superior de Educação e Comunicação do Campus da Penha ao Jornal de Notícias.

O suspeito que terá conflitos com a universidade, adiantou à PSP que estava uma bomba numa sala da Escola Superior de Educação e Comunicação.

De acordo com o comandante da divisão da PSP de Faro, o alerta foi recebido cerca das 11h30.

De imediato alunos, professores e funcionários receberam ordem para saírem dos edifícios, tendo sido encaminhados para a entrada do campus.

No local estão brigadas de inativação de explosivos, num total de 25 elementos da PSP.