Economia

Vistos gold. Investimento cai até outubro

Em outubro foram atribuídos 125 vistos dourados, dos quais 118 por via do critério de compra de imóveis.

O investimento resultante da concessão de vistos gold caiu 12% nos 10 primeiros meses do ano, face a igual período de 2017, para 667 milhões de euros. Os dados foram revelados pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Em outubro foram atribuídos 125 vistos dourados, dos quais 118 por via do critério de compra de imóveis. Destes últimos, 19 foram atribuídos para reabilitação urbana. 

Até outubro, em termos acumulados, foram atribuídos 6.320 vistos 'dourados' por via da compra de imóveis, dos quais 215 tendo em vista a reabilitação urbana. Por requisito da transferência de capital, os vistos concedidos totalizam 355 e foram atribuídos 12 por via da criação de, pelo menos, 10 postos de trabalho.

Por nacionalidades, a China lidera a atribuição de vistos (3.981), seguida do Brasil (608), África do Sul (265), Turquia (264) e Rússia (232).

Desde o início do programa foram atribuídas 11.370 autorizações de residência a familiares reagrupados, sendo 2.055 este ano.