Internacional

As "crenças católicas são arcaicas", afirma Duterte

Para Duterte, os ensinamentos católicos são inaplicáveis ao tempo presente e os fiéis estão presos a uma fé com três mil anos

O presidente filipino Rodrigo Duterte disse esta terça-feira que as “crenças católicas são arcaicas” acrescentando que os cidadãos não deviam contribuir monetariamente para Igreja.

"Construam uma capela nas vossas próprias casas e rezem lá, assim não há necessidade de ir à igreja para pagar a esses idiotas", afirmou Rodrigo Duterte, numa inauguração de um sistema de abastecimento de água nas Filipinas. 

Para o presidente filipino, os ensinamentos da Igreja Católica são inaplicáveis ao tempo presente, sendo que estão presas a uma fé com três mil anos. 

Esta não é a primeira vez que Duterte faz declarações polémicas. Regularmente o presidente filipino ataca instituições como a Igreja Católica, sendo que85% da população do país é católica.

O presidente filipino está em ‘guerra’ com a Igreja Católica desde fevereiro de 2017 quando a instituição criticou, numa conferência episcopal, o combate de Duterte contra o tráfico de drogas, tendo-a chamado de “reinado de terror”. Desde então o presidente tem reagido com insultos.