Tecnologia

Há sistemas operativos que vão deixar de receber atualizações do WhatsApp

Sem as atualizações, a aplicação continua a funcionar mas torna-se mais vulnerável aos ataques de hackers

Com o novo ano de 2019 vem uma nova atualização da plataforma de mensagens WhatsApp. No entanto, este melhoramento da aplicação não vai ser compatível com o sistema do S40 da Nokia. A aplicação neste modelo deixará de ser atualizada a 31 de dezembro.

Mas não é só o S40 da Nokia que será afetado. Numa segunda fase, os sistemas operativos Android 2.3.7 (e anteriores) e o iOS 7 (e anteriores) vão também juntar-se a essa lista partir de 1 de fevereiro de 2020, explica a empresa. Estas versões são muito antigas, uma vez que as últimas versões de Android disponíveis é o 8.0, conhecido como Oreo, e, no caso dos iPhones e iPads, o sistema operativo já vai no iOS 12.

Este também não é a primeira vez que sistemas operativos são retirados da lista das com atualizações para o WhatsApp. No final de 2017 o BlackBerry OS, o BlackBerry 10, o Nokia Symbian S60 e o Windows Phone 8.0 (e antigos) deixaram de receber atualizações.

Para evitar que os clientes sejam apanhados de surpresa, o WhatsApp dedicou uma página onde mostra o processo de abandono das diferentes versões dos sistemas operativos que existem atualmente no mercado.

O fim das atualizações não quer dizer que vai deixar de pode utilizar a aplicação. No entanto, a partir do momento em que o WhatsApp deixar de ser atualizado, a aplicação torna-se mais vulnerável a hackers que possam procurar aceder às suas informações pessoais.