Tecnologia

Itália aplica coima de 10 milhões de euros ao Facebook

Em causa está a venda de dados dos utilizadores para fins comerciais

A Autoridade da Concorrência de Itália anunciou esta sexta-feira, em comunicado, que aplicou uma coima no valor de 10 milhões de euros ao Facebook. Em causa está a venda de dados dos utilizadores pela rede social.

"[A rede social] induziu os utilizadores a registarem-se na plataforma Facebook sem os informar imediatamente e de forma adequada, na fase de abertura da conta, de atividades de recolha dos dados que lhe são fornecidos para fins comerciais", refere o organismo.

Segundo a Autoridade da Concorrência de Itália, o Facebook não assume "a finalidade remunerativa subjacente à prestação de serviços da rede social, sublinhando apenas a sua gratuitidade”.

O organismo acusa ainda a rede social de “prática agressiva” por “condicionamento” dos utilizadores, isto porque quando os utilizadores tentam “limitar a partilha dos seus dados”, o Facebook dá a entender que estes se arriscam a "limitações significativas" na utilização dos serviços.