Sociedade

Estudante português morre na Índia em acidente de comboio

Vítima caiu do comboio para a zona dos carris

Um português de 21 anos, atualmente a estudar engenharia aeroespacial no Instituto Indiano de Tecnologia (ITT) de Madras, na Índia, morreu em Agra, na sequência de acidente estranho num comboio naquela cidade, avançou o jornal indiano Times of India.

A vítima, que seria de Castelo Branco, estava a viajar para Agra, onde fica o Taj Mahal, com três outros amigos portugueses, todos estudantes na mesma universidade indiana.

Dois dos amigos terão saído na estação errada e tendo percebido o erro voltaram a embarcar no comboio, já em andamento. O mesmo terá acontecido à vítima, que provavelmente tentou entrar de novo no comboio, mas acabou por cair para a zona dos carris, onde foi esmagado pela composição, adiantou o mesmo jornal.

As autoridades indianas já terão contactado a embaixada portuguesa acerca do incidente, para que informassem os pais da vítima, que deverão chegar a Agra, segunda ou terça-feira.