Sociedade

Descoberto cemitério romano por baixo do restaurante Solar dos Presuntos

“É possivelmente o vestígio de necrópole romana mais bem preservado encontrado nos últimos tempos"


As obras de expansão do restaurante Solar dos Presuntos, em Lisboa, desvendaram um cemitério romano que existia nas traseiras do estabelecimento. Os arqueólogos descobriram 28 esqueletos com mais de dois mil anos e vários artefactos de olaria da era dos Descobrimentos.

Paulo Rebelo, da NeoÉpica – empresa de arqueologia responsável pela exploração do espaço –, disse à Time Out que “é possivelmente o vestígio de necrópole romana mais bem preservado encontrado nos últimos tempos”.

Apesar de a descoberta ter sido feita no final de 2016, só no passado mês de novembro é que os esqueletos foram apresentados ao público, durante uma sessão organizada pelo Centro de Arqueologia de Lisboa. As ossadas demoraram cerca de um ano a serem retiradas por inteiro, tendo sido elaborado um processo de escavação cuidadoso.

Para além do cemitério, foi ainda descoberto, ao longo de 14 metros de profundidade, vários vestígios que permitiram identificar a existência de uma olaria da era dos Descobrimentos (séc. XV e XVI).

Segundo Paulo Rebelo, estas descobertas trazem "um conhecimento mais estruturado da história da Lisboa romana”. No entanto, alerta para “o risco de perder uma parte importante do nosso passado”.

Os comentários estão desactivados.