Economia

Montijo. Governo e ANA fecham acordo a 8 de janeiro

Está previsto que o novo aeroporto do Montijo entre em funcionamento em 2022, para servir de complemento ao aeroporto de Lisboa.

O governo e a ANA — Aeroportos de Portugal vão assinar, no dia 8 de janeiro, o acordo que permite avançar com a construção do novo aeroporto no Montijo e expandir o aeroporto Humberto Delgado, revelou o “Jornal de Negócios”.
O acordo irá definir as questões financeiras que vão estar em causa e as metas do investimento a realizar nos próximos anos. Para breve estará a divulgação da declaração de impacto ambiental ,estando prevista  para o início deste ano.

Está previsto que o novo aeroporto do Montijo entre em funcionamento em 2022, para servir de complemento ao aeroporto de Lisboa, permitindo chegar aos 50 milhões de passageiros por ano e aos 72 movimentos de aeronaves por hora.

A escolha do Montijo foi confirmada no início de 2017 e foram apontadas sete vantagens desta localização. Entre elas está o facto de permitir uma utilização simultânea com a pista principal do Humberto Delgado. Outra vantagem é a execução mais célere que a construção de uma nova infraestrutura. No entanto, o facto de a ANA ficar com mais um aeroporto, e terem de ser realizadas obras no sentido de adaptar a base do Montijo, exige uma revisão do contrato de concessão.