Desporto

Abel Ferreira: “Treinar o Benfica? Sei bem o que quero”

Treinador do Braga é um dos nomes apontados para orientar o clube da Luz. Luís Castro, do V. Guimarães, também é um dos candidatos: "não mexe nada".

O bom trabalho que tem desempenhado no comando técnico do Braga não passa despercebido e, por essa razão, Abel Ferreira tem sido um dos nomes apontados para orientar o clube da Luz desde que o Benfica tornou oficial a saída de Rui Vitória.

Confrontado com a possibilidade de assumir os comandos da nau encarnada, o técnico do emblema bracarense respondeu de forma decidida: “eu sei muito bem o que quero para mim e para o clube”.

“Em primeiro lugar, isso é fruto de um trabalho coletivo. O segredo do sucesso de um treinador é ter a capacidade intelectual para decidir o que quer a cada momento e eu sei muito bem o que quero para mim e para o clube! É algo que está muito claro na minha cabeça. Disse ao nosso presidente que não era preciso renovar comigo na época passada, porque o futebol tem memória curta e o que conta são os resultados, infelizmente”, declarou, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo entre o Braga e o Boavista, este domingo, a contar para a jornada 16 da Liga portuguesa.

O clube minhoto ocupa atualmente o terceiro lugar na tabela, com 33 pontos, menos um que o Sporting, 2.º classificado, e a seis do líder FC Porto (39 pontos). Está, de resto, a fechar o pódio com mais um ponto que... a águia, que ocupa o 4.º lugar.

Aos 40 anos, Abel Ferreira encontra-se desde a época 2016/17 a orientar a equipa principal dos guerreiros do minho, depois de ter estado pouco mais de dois anos no comando técnico da equipa B do Braga.

Antes, entre julho de 2013 e 2014, treinou o Sporting B, naquela que foi a sua segunda experiência enquanto treinador principal, depois de se ter estreado nos sub-19 dos leões – em fevereiro de 2012.

Luís Castro: “Não mexe nada”

A par de Abel Ferreira, também o nome de Luís Castro tem agitado a imprensa nacional desportiva como sendo um dos candidatos para assumir o cargo de treinador das águias.

O técnico do V.Guimarães não quis, porém, fazer grandes declarações sobre o assunto antes do jogo com o Belenenses SAD. No entanto, o treinador deixou a garantia: “Não mexe nada com a preparação da equipa. Respeitamos muito a massa associativa, o clube e estamos todos muito focados nos objetivos para o próximo jogo”.

Em jogo da ronda 16 da Liga portuguesa, os vimaranenses deslocam-se, também este domingo, até ao Jamor, para medir forças com o plantel orientado por Silas.

O clube da cidade berço fecha o top-5 na tabela classificativa, com 25 pontos, três de vantagem em relação ao Belenenses SAD, que segue instalado na 8.ª posição.