Internacional

Paris. Porta-voz do Governo retirado do gabinete após invasão dos 'coletes amarelos'

Agressão "inaceitável", defende Benjamin Griveaux

Benjamin Griveaux, porta-voz do governo francês, foi este sábado retirado dos escritórios da rua Grenelle, em Paris, depois de uma invasão por parte de alguns 'coletes amarelos' ao Ministério.

"Cerca de 15 pessoas, algumas vestidas de preto, outras com coletes amarelos, arrombaram a porta do ministério com uma máquina de construção". Griveaux disse que este episódio se trata de uma agressão "inaceitável".

Esta tarde, os coletes amarelos voltaram a sair à rua, em França, num dia em que ficam marcados dois meses de protestos nas principais artérias da capital francesa.

Mais de uma centena de manifestantes foram detidos pelas autoridades policiais francesas.