Sociedade

Mãe de Rui Pedro não perde a esperança: "O meu filho está desaparecido, ele não morreu"

Filomena Teixeira foi entrevistada esta terça-feira no novo programa de Cristina Ferreira.

A mãe de Rui Pedro, que está desaparecido desde o dia 4 de março de 1998, quando tinha apenas 11 anos, foi uma das convidadas do programa de Cristina Ferreira na SIC.

Filomena Teixeira continua a acreditar que o seu filho está vivo e mantém a esperança de o reencontrar. "Eu respiro os meus filhos. Eles estão comigo no meu coração", disse a mãe de Rui Pedro.

Duas décadas depois do desaparecimento do filho, Filomena diz já não ter mais lágrimas. As lágrimas vêm muito raramente. Quando choro é uma dor que me ultrapassa demais. Já chorei tanto que já não tenho mais lágrimas para chorar".

"Eu não fiz luto, nem faço luto, posso ser maluca, chamem-me maluca. Mas eu ainda acredito que ainda vou saber do meu filho. Ou pelo menos do que lhe aconteceu", disse Filomena Teixeira.