Sociedade

Duas mulheres ficam feridas em explosão de botija de gás junto à cadeia de Monsanto

Funcionárias estavam a trocar a botija

 explosão de uma botija de gás no café do Grupo Desportivo e Recreativo dos Funcionários da cadeia do Monsanto, em Lisboa, provocou ferimentos em duas funcionárias, encontrando-se uma delas em estado grave.

As duas mulheres, uma com cerca de 60 anos e outra com 28, foram levadas para o Hospital de Santa Maria após terem sofrido queimaduras quando estavam "a trocar uma bilha de gás" no café, segundo fonte oficial do comando metropolitano de Lisboa da PSP, citada pela agência Lusa,

"A explosão deu-se quando trocavam uma bilha de gás e provocou ferimentos graves numa mulher e mais ligeiros na outra", disse a mesma fonte, acrescentando que se aguarda agora a inspeção de um técnico de gás.

O alerta da explosão foi dado por volta das 11h30. O estabelecimento do Grupo Desportivo e Recreativo dos Funcionários da cadeia do Monsanto fica mesmo junto à porta principal da cadeia de alta segurança.