Internacional

Presidente do Cardiff revela que clube se disponibilizou para organizar voo de Emiliano Sala, mas futebolista recusou

O futebolista havia assinado contrato com o Cardiff recentemente


Mehmet Dalmat, presidente do Cardiff, revelou esta quarta-feira que o clube se ofereceu para tratar da viagem de Emiliano Sala para o País de Gales. Contudo, o futebolista preferiu utilizar “os seus próprios meios”.

Recorde-se que o avião onde seguia o argentino desapareceu, esta segunda-feira, perto do Canal da Mancha. 

"Falámos com o jogador e perguntámos se ele queria que tratássemos do voo, que, para ser honesto, seria no avião comercial", referiu o presidente, citado pelo site WalesOnline.

Mehmet Dalmat indicou ainda que desconhece quem organizou o voo do jogador.

"Não desistimos enquanto não soubermos todos os factos", disse o dirigente, acrescentando ainda que o clube participará na investigação.

O futebolista havia assinado contrato com o Cardiff recentemente.

Os comentários estão desactivados.