Internacional

Theresa May vai pedir à UE para renegociar Brexit

'Backstop' é dos principais pontos de discórdia

A primeira-ministra britânica informou o seu gabinete que vai pedir à União Europeia para voltar a negociar o acordo de saída do Reino Unido.

"O Reino Unido continua a acreditar que é do seu maior interesse sair com um acordo, mas temos de ter um acordo que possa ter o apoio do Parlamento e isso exigirá algumas alterações ao acordo de saída", afirmou um porta-voz do Governo, numa conferência de imprensa, antes de um debate sobre o ‘Brexit' no Parlamento inglês.

Recorde-se que os líderes europeus têm reiterado a sua indisponibilidade para voltar à mesa de negociações para reabrir um documento que demorou 17 meses a finalizar, mas que não é aprovado devido à recusa dos deputados eurocéticos, que discordam da solução de salvaguarda para a Irlanda do Norte, conhecida por ‘backstop’.

Este mecanismo propõe um regime especial para evitar uma fronteira física entre aquela província britânica e a vizinha Irlanda de forma a respeitar os compromissos do acordo de paz de 1998.

Esta tarde, a dois meses do prazo final do Brexit, os deputados britânicos tentam decidir novamente o rumo do processo, sendo que há duas semanas o acordo, que agora May quer ver renegociado, foi chumbado por uma margem de 230 votos.

O debate de hoje pode resultar em vários rumos, do adiamento da data da saída, a 29 de março, a uma proposta para remover e substituir o ‘backstop’.