Economia

Reserva Federal dos EUA mantém juros

O resultado já era esperado. Na última subida, em dezembro, a Fed foi criticada por Donald Trump

DR  

Depois de no mês passado ter aumentado os juros entre os 2,25% e os 2,5%, a Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed) informou esta quarta-feira que estas se irão manter estáveis. Na primeira reunião do ano, ficou bem presente a necessidade de paciência face à próxima alteração desta taxa. 

Na data da subida desta taxa, a quarta no ano passado, a Fed foi duramente criticado por Donald Trump, presidente dos Estados Unidos da América, uma vez que esta teria sido demasiado rápida.

Para 2019, a Reserva Natural anunciou a redução do número de aumentos planeados uma vez que teria de acompanhar a evolução da economia norte-americana. Antes disto, Wall Street já tinha reagido em baixa os potenciais aumentos anunciados pela Fed. 

"Os investidores esperavam uma abordagem ainda menos agressiva [ou mais suave], para mais depois de as bolsas norte-americanas terem entrado em território de correção devidos aos receios de abrandamento económico mundial", explicou a Bloomberg.