Cultura

Filme sobre Freddie Mercury será lançado na China mas sem lado homossexual do cantor

Outros filmes oscarizados não chegaram sequer a ter lançamento na China

DR  

‘Bohemian Rhapsody’, filme que retrata a vida de Freddie Mercury será exibido na China. No entanto, as cenas que retratam a homossexualidade do artista serão censuradas.

De acordo com o Hollywood Reporter, a versão do filme exibida na China não vai ter as cenas onde o ator Rami Malek exprime a sua orientação sexual, como quando surge a beijar um homem, nem cenas que envolvam referências a drogas.

Recorde-se que ‘Bohemian Rhapsody’ foi o filme mais premiado na cerimónia dos Óscares, no último domigo. A produção concorria em cinco categorias e não venceu apenas a de Melhor Filme.

Também a cerimónia transmitida na China teve direito a censura. No momento em que Rami Malek recebeu o Óscar de Melhor Ator, o serviço streaming Mango TV, responsável pela transmissão, substituiu a expressão "homem gay” utilizada pelo ator durante o seu discurso e substituiu-a por "grupo especial".

Outros filmes oscarizados não chegaram sequer a ter lançamento na China, como foi caso do filme ‘Moonlight’, que há dois anos venceu na categoria de Melhor Filme.