Sociedade

Motorista da Carris agredido por passageiro que não queria pagar bilhete

Vítima teve de levar 26 pontos

Um motorista da Carris foi agredido, no último domingo, por um passageiro que não queria pagar bilhete no Rossio, em Lisboa. O homem teve de ser suturado com 26 pontos na cabeça e na cara.

De acordo com a notícia avançada pelo Correio da Manhã, a agressão aconteceu depois de o motorista ver que o homem, que estava acompanhado pela namorada e por um bebé, estava a entrar pela porta traseira do autocarro de forma a não pagar bilhete.

O mesmo jornal, que cita fonte da PSP, escreve ainda que o motorista acabou por repreender e chamar o passageiro à porta da frente para pagar bilhete. Depois de uma troca de palavras, o motorista foi atingido na cabeça por um “objeto cortante”.

O homem acabou por fugir depois da agressão. A vítima foi transportada para o Hospital de São José.