Sociedade

Família Espírito Santo tem herdades no valor de 884 milhões no Paraguai

Propriedades não foram alvo de arresto no âmbito do processo de insolvência do GES. A consultora Deloitte está agora a tentar vendê-las.

Seis propriedades detidas pelo Grupo Espírito Santo no Paraguai escaparam ao arresto de bens que acompanha o processo de insolvência do grupo. Num total de 884 milhões de euros, avança o Jornal Economico, O GES tem propriedades agricolas com uma área de mais de 130 mil hectares.

As propriedades em questão, denominadas de “PAYCO”, foram compradas pela família em 1976, durante o Processo Revolucionário Em Curso (PREC), numa altura em que a Família Espírito Santo tentava recomeçar a sua atividade empresarial for a de Portugal, nomeadamente na América do Sul.