Sociedade

Encontrado cadáver de emigrante português desaparecido desde outubro em França

Corpo estava em avançado estado de decomposição, mas eram ainda identificáveis sinais aparentes de violência

O corpo de um emigrante português em França foi encontrado com sinais aparentes de violência numa zona de mato perto Marmande, no sul daquele país.

A polícia está a investigar as circunstâncias da morte do português de 58 anos, que estava desaparecido desde outubro, sendo que o cadáver foi descoberto na semana passada.

A hipótese de homicídio é considerada como a mais forte, segundo o Correio da Manhã. O cadáver estava em avançado estado de decomposição, mas eram ainda identificáveis sinais aparentes de violência. Mas só a autópsia permitirá determinar com exatidão as causas da morte.

O homem foi identificado através dos documentos pessoais que estavam junto ao corpo e que permitiram apurar que se tratava do emigrante português, cujos familiares já tinham alertado a polícia local para o seu desaparecimento naquela zona.

Os restos mortais foram encontrados por populares, na quarta-feira da semana passada.