Internacional

Ainda são procurados 93 corpos após rutura da barragem de Brumadinho, no Brasil

A tragédia aconteceu há dois meses


De acordo com as informações divulgadas esta segunda-feira pelo Corpo de Bombeiros do Estado de Minas Gerais, no Brasil, estão atualmente no local 129 bombeiros, dividos em 23 equipas, que tentam encontrar as 93 pessoas que ainda estão desaparecidas, dois meses depois da tragédia.

Durante as operações de busca e salvamento, foram confirmadas 212 mortes e 395 pessoas encontradas com vida. No entanto, há ainda quase uma centena de desaparecidos.

Recorde-se que uma barragem da responsabilidade da empresa brasileira Vale, em Brumadinho, entrou em rutura a 25 de janeiro deste ano, desencadeando uma onda de lama tóxica, que destruiu tudo por onde passou, matando e desalojando pessoas e contaminando os rios mais próximos.

Por esse motivo, a Vale está a avaliar o estado das suas instalações pelo país, sendo que um auditor independente já veio dizer que uma outra barragem desta empresa, que também se localiza no estado de Minas Gerais, pode colapsar a qualquer momento.

Os comentários estão desactivados.