Internacional

Acordo de divórcio de Jeff Bezos bate recorde de 31 mil milhões

O fundador da Amazon continua a ser o homem mais rico do mundo


O fundador da Amazon e homem mais rico do mundo, Jeff Bezos, fez um acordo de divórcio recordista com a mulher, MacKenzie, que ascence aos 35 mil milhões de dólares (cerca de 31 mil milhões de euros).

Jeff Bezos vai ficar com 75% das ações que o casal detinha na Amazon, garantindo-lhe assim o controlo da empresa. Já MacKenzie ficou com 4% das ações, o que se traduz num valor de 35 mil milhões de dólares e passou todos os seus direitos de voto para o agora ex-marido, assim como a sua participação no Washington Post e na empresa de viagens espaciais de Bezos, Blue Origin.

O valor destas ações tornam MacKenzie na terceira pessoa mais rica do mundo, numa lista em que o fundador da Amazon continua a ocupar o primeiro lugar.

Tanto Jeff Bezos como MacKenzie utilizaram o Twitter para deixarem comentários após a separação.

"Fico grata por ter terminado o processo de dissolver o meu casamento com o Jeff com o apoio um do outro", escreveu MacKenzie.

"Estou tão agradecido a todos os meus amigos e família por terem estado presentes com encorajamento e amor... MacKenzie principalmente. Ela é desembaraçada e brilhante e adorável, e conforme os nossos futuros continuem, sei que vou estar sempre a aprender com ela", partilhou Jeff.

Recorde-se que a Amazon foi criada em 1994, um ano depois do casamento de Jeff e MacKenzie. O ex-casal tem três filhos.