Internacional

Estudante espanhola desaparecida em Paris estava internada em hospital psiquiátrico

Autoridades encontraram jovem desorientada e que dizia não saber quem era


Natalia Sánchez Uribe, de 22 anos, tinha sido vista pela última vez no dia 1 de maio em Paris, onde era estudante de Erasmus, quando estava a fazer mudanças para um novo apartamento.

A família estava desesperada desde essa altura por notícias da jovem e, esta quarta-feira, foi informada de que Natalia tinha sido localizada pelas autoridades francesas.

A imprensa espanhola revela agora que a estudante esteva internada num hospital psiquiátrico. A polícia francesa encontrou, “há vários dias”, a espanhola “desorientada” e encaminhou-a para aquela unidade de saúde especializada.

Natalia dizia não saber quem era e não tinha consigo carteira ou telemóvel, o que terá atrasado a sua identificação.

No entanto, ontem finalmente a família foi informada da localização da jovem, recusando dar mais informações sobre o caso e pedindo privacidade.