Vida

Madonna quer conversar com Papa e sugere que Jesus apoiaria a legalização do aborto

Artista defende que Papa Francisco deve estar "aberto" a ter uma conversa

Madonna quer encontrar-se com o Papa Francisco para falar sobre os direitos reprodutivos da mulher.

Em entrevista ao programa do apresentador australiano Andrew Denton, na Fox News, a artista defendeu o seu ponto de vista e sugeriu que Jesus Cristo apoiaria a legalização do aborto.

"Vamos falar sobre o ponto de vista de Jesus sobre as mulheres”, começou por dizer.

“Tu não achas que Jesus concordaria que uma mulher tem o direito de escolher o que quer fazer com o seu corpo?”, questionou.

"Eu acho que o Papa Francisco deve estar aberto a ter esta conversa comigo”, acrescentou a cantora, de 60 anos.

Recorde-se que Madonna sempre defendeu causas feministas e os direitos da população LGBTI. A cantora defende ainda que sempre teve uma “conexão inexplicável” com o catolicismo.

"Eu sempre tive uma conexão inexplicável com o catolicismo. Acho que isso transparece no meu trabalho", afirmou.

A música “Dark Ballet”, que faz parte do mais recente álbum da cantora – “Madame X” – aborda este tema.