Sociedade

Tempo de espera no Hospital de Portimão leva idosa a retirar ossos da garganta no Reino Unido

O Hospital de Portimão disse à idosa de 84 anos que teria de esperar 10 horas para ser atendida. 

Uma mulher britânica, de 84 anos, teve de voltar ao Reino Unido para lhe retiraram dois ossos da garganta. Primeira, a mulher tinha-se dirigido ao Hospital de Portimão, no entanto, disseram-lhe que teria de esperar cerca de dez horas para ser assistida.  

Joan Whitehorn tinha vindo ao Algarve visitar o filho, que vive em Portugal desde 2003. No dia 7 de junho, durante o jantar, engoliu dois ossos com cerca de cinco centímetros, enquanto comia entrecosto de porco.  

Depois da resposta do Hospital do Algarve, a mulher decidiu não esperar visto ter um voo marcado para Londres no dia seguinte e foi atendida no Princess Royal University Hospital, no sul de Londres, já no dia 9 de junho.  

A mulher foi submetida a uma operação de emergência pois de acordo com os especialistas a vida de Joan encontrava-se em risco. Os ossos tinham perfurado o esófago e estavam alojados no fundo da garganta, prejudicando o normal funcionamento do coração e dos pulmões. 

O filho já admitiu que vai processar o Hospital de Portimão. “Se lhe tivessem feito um raio-X teriam detetado os ossos e feito alguma coisa", disse à imprensa inglesa Stephen.