Internacional

Corpo de funcionário desaparecido há dez anos encontrado atrás de frigorífico

Visto pela última vez em novembro de 2009

Um empregado de uma mercearia no Iowa, nos EUA, desapareceu em 2009, agora dez anos depois, o seu corpo foi encontrado por trás de uma arca frigorífica na loja onde trabalhava.

O cadáver foi descoberto por funcionários da loja que estavam a remover prateleiras e arcas frigoríficas.

As autoridades, depois de realizados vários testes, viriam a confirmar tratar-se de Larry Ely Murillo-Moncada, o funcionário que foi visto pela última vez em novembro de 2009.

O desaparecimento, há dez anos, tinha sido denunciado às autoridades pelos pais, cujo ADN serviu para confirmar a identidade do corpo. Na altura, foi dada a indicação de que Larry Moncada estava a tomar medicação que lhe poderia alterar o comportamento.

As autoridades já excluíram a possibilidade de crime, a autópsia não revelou traumas, dando como hipótese mais provável a queda do funcionário.

Larry Moncada terá subido ao topo das arcas frigoríficas, caindo no espaço de cerca de 45 centímetros de largura entre as arcas e a parede. As autoridades acreditam que o ruído dos aparelhos elétricos terá abafado os eventuais pedidos de socorro do funcionário.