Internacional

Ex-namorado confessa ter assassinado influencer russa encontrada dentro de mala

"Ela dizia-me que eu era feio e que mesmo uma cirurgia plástica não iria ajudar-me" 

Um influencer russa, de 24 anos, foi encontrada morta na última sexta-feira dentro de uma mala de viagem, no seu apartamento, em Moscovo. O seu ex-namorado, Maxim Gareyev, foi o último a entrar na casa de Ekaterina Karaglanova, antes de esta ser encontrada sem vida no seu apartamento, segundo as imagens captadas pela videovigilância, logo, foi de imediato detido pelas autoridades e considerado o suspeito principal.

Agora, o homem de 33 anos decidiu admitir publicamente, através do vídeo, ser o autor da morte e ter esfaqueado a jovem por se ter sentido humilhado. "Ela dizia-me que eu era feio e que mesmo uma cirurgia plástica não iria ajudar-me", afirma Maxim Gareyev no vídeo agora divulgado.O ex-namorado admite ter esfaqueado a mulher, pelo menos cinco vezes, no pescoço e no peito.

Ekaterina Karaglanova, tinha mais de 87 mil seguidores no Instagram e tinha assumido recentemente uma nova relação amorosa e planeava viajar para a Holanda para celebrar o seu aniversário.