Internacional

Neta de Robert F. Kennedy morre aos 22 anos

Esta é a mais recente morte numa série de tragédias que têm afetado a família Kennedy

A neta de Robert F. Kennedy, irmão do antigo presidente dos Estados unidos John F. Kennedy, foi esta sexta-feira encontrada morta em casa, no estado de Massachussets, EUA.

De acordo com o New York Times, Saoirse Kennedy Hill, de 22 anos, ainda foi transportada para o hospital depois de, alegadamente, ter sofrido uma overdose. No entanto, não resistiu e acabou por morrer.

A família já confirmou, em comunicado, a morte da jovem.

"Os nossos corações estão despedaçados pela perda da nossa amada Saoirse. A sua vida estava cheia de esperança, promessas e amor...O mundo é um sítio menos bonito hoje", refere a nota.

Saoirse estudava comunicação no Boston College. Em 2016, quando estudava na escola preparatória, já havia escrito vários textos sobre a sua luta contra uma doença mental.

A jovem era a única filha de Paul Michael Hill e Courtney Kennedy Hill.

O incidente está agora sob investigação.

O New York Times recorda que esta é a última morte de uma série de tragédias que têm assombrado a família Kennedy. Em 1968, Robert F. Kennedy, seu avô e na altura senador por Nova Iorque, foi assassinado em Los Angeles. Dois dos seus filhos, David e Michael Kennedy, morreram também bastante jovens: David de overdose e Michael num acidente de ski.

Em 1963, o irmão mais velho de Robert, John F. Kennedy, o antigo presidente norte-americano, foi assassinado em Dallas, durante uma parada. O filho, John Jr. Kennedy morreu com a mulher e a cunhada, em 1999, num acidente de avião.