Internacional

Homem de 96 anos multado por excesso de velocidade. História emocionou juiz que acabou por o perdoar | VÍDEO

 “Você é um bom homem. Você é mesmo tudo aquilo que a América é. Está aqui nos seus 90 anos e continua a tomar conta da sua família“, disse o juiz a Victor Coella

Um homem de 96 anos foi multado por excesso de velocidade numa zona escolar, no entanto, a sua explicação emocionou o juiz que acabou por perdoar a infração do idoso.

A audiência de Victor Coella foi transmitida no programa “Caught in Providence”, um programa que transmite histórias e audiências gravadas de vários americanos, no passado dia 31.

Quando questionado pelo juiz, Coella sobre o que é que tinha acontecido, Coella defendeu-se. “Não conduzo assim tão rápido. Tenho 96 anos e conduzo devagar. Apenas conduzo quando é necessário”. De seguida, começou a explicar o que tinha acontecido nesse dia. “Estava a ir para os exames sanguíneos do meu rapaz, que é deficiente motor”. O idoso declarou em tribunal que, de duas em duas semanas, leva o filho de 63 anos com cancro ao médico.

A história acabou por sensibilizar o juiz. “Você é um bom homem. Você é mesmo tudo aquilo que a América é. Está aqui nos seus 90 anos e continua a tomar conta da sua família“, disse ao idoso. Frank Caprio tinha o seu filho presente na audiência e decidiu colocá-lo numa situação hipotética. "Está a ver aquele jovem ali? É o meu filho. Agora está a olhar para mim e a dizer: ‘Pai, quando tiveres os teus 90 anos, vais estar a levar-me de carro’. Está a dar um mau exemplo ao meu filho. Está a colocar muita pressão em mim”, disse o juiz, em tom de brincadeira.

O homem acabou por ser perdoado pela multa e Frank Caprio despediu-se do homem dizendo “Deus o abençoe”. A audiência foi partilhada no Twitter quase 400 mil vezes e 121 mil vezes no Facebook.