Internacional

"Ele também me vem matar a mim?" pergunta menina que perdeu os pais em El Paso

Jordan e Andre Anchondo, de 24 e 25 anos, morreram ao salvar o filho mais novo, Paul. Quando Patrick Crusius entrou no supermercado Walmart, onde o casal se encontrava com o filho de dois meses e começou a disparar, a mãe fez de escudo para proteger Paul e Andre abraçou os dois para os tentar salvar. 

A pergunta de uma das crianças que perdeu a mãe e o padrasto no tiroteio em El Paso, Skyin Jamrowski, de cinco anos está a emocionar o mundo. Depois de a avó lhe ter contado a situação, a menina de cinco anos começou a chorar e perguntou "ele também me vem matar a mim?"

Jordan e Andre Anchondo, de 24 e 25 anos, morreram ao salvar o filho mais novo, Paul. Quando Patrick Crusius entrou no supermercado Walmart, onde o casal se encontrava com o filho de dois meses e começou a disparar, a mãe fez de escudo para proteger Paul e Andre abraçou os dois para os tentar salvar.

A avó da criança e mãe de Jordan contou à CNN como tudo aconteceu."O atirador disparou contra Jordan. E o Andre saltou para a frente de Jordan. O suspeito matou o Andre, as balas atravessaram-no e atingiram Jordan", contou emocionada.

A tia da menina contou que quando pede a Skyin para se manter perto dela, a menor pergunta sempre se é por causa do "homem mau", o que a entristece. "É triste porque ela acabou de fazer 5 anos. Para uma criança de 5 anos, ter que pensar nesta realidade é desumano"acrescenta.

"O mais triste é que eram a mãe e o pai. Não podemos substituir a mãe e o pai.", lamentou Paul Jamrowski, o avô das crianças.