Internacional

Tribunal italiano vai contra Salvini e autoriza entrada de navio com migrantes

Salvini já veio a público falar sobre a decisão do tribunal italiano e afirma que vai avançar com uma nova ordem para proibir os migrantes de sair da embarcação em território italiano. 

O navio "Open Arms", com 147 migrantes a bordo foi autorizado a entrar em águas territoriais italianas, devido a um tribunal administrativo de Lazio ter levantado a proibição colocada pelo ministro do Interior, Matteo Salvini. 

Salvini já veio a público falar sobre a decisão do tribunal italiano e afirma que vai avançar com uma nova ordem para proibir os migrantes de sair da embarcação em território italiano.  "Vivemos num país onde um advogado do tribunal administrativo (da região) de Lazio quer dar autorização para desembarcar em Itália um navio estrangeiro cheio de migrantes. Vou assinar novamente nas próximas horas o meu 'não'", declarou à imprensa internacional. 

O Governo italiano aprovou recentemente um decreto lei que visa multas até um milhão de euros às ONG que entrarem com navios humanitários de resgate em águas territoriais italianas 

O tribunal declarou ter autorizado o embarque do navio por as pessoas a bordo estarem a enfrentar uma "situação de evidente dificuldade" e que esta é uma "situação de uma gravidade e de uma urgência excecionais",  visto muitas das pessoas a bordo estarem a necessitar de receber assistência médica. 

O navio está desde o dia 1 de agosto em águas internacionas à espera que algum porto europeu autorize a sua desembarcação. A ONG espanhola, Proactiva Open Arms, declarou que a situação a bordo está a agravar-se e que as condições meteorógicas estão a transformar o caso em "dramático".