Sociedade

Porto. Trovoada provoca falhas de energia

A autarquia admite que dos 46 semáforos afetados pela trovoada, 20 estão ainda com falhas de energia ou intermitência. O sistema ainda não consegue fazer a comunicação e gestão remota de 70 instalações luminosas.


A Câmara Municipal do Porto confirmou ontem que ao longo do dia de domingo, a “trovoada que afetou a zona Norte do País, e em particular a cidade do Porto, levou a várias falhas de energia e ao funcionamento em intermitência de vários semáforos da cidade.

A autarquia admite que dos 46 semáforos afetados pela trovoada, 20 estão ainda com falhas de energia ou intermitência. O sistema ainda não consegue fazer a comunicação e gestão remota de 70 instalações luminosas.

Os responsáveis preveem que a situação fique resolvida ainda durante o dia de hoje. Deixam, porém, a nota de que certos casos, devido à extensão dos danos causados pela trovoada, podem demorar mais a ser reparados do que o previsto.

Em 2016, câmara já tinha procedido a um concurso público internacional com vista a substituir os equipamentos de regulação de tráfego e da rede de comunicações que estavam “em estado avançado de obsolescência”. No entanto, após a adjudicação do projeto, foi pedida a anulação da decisão por parte de um dos concorrentes.