Internacional

Piloto de F-16 fica preso num fio de alta tensão durante duas horas

O acidente não provocou vítimas mortais.

Um avião belga F-16 caiu na zona oeste de França esta quinta-feira, enquanto se dirigia para a Base Aérea Naval de Lann-Bihoué, perto da cidade de Lorient. O pioloto e o copiloto conseguiram ejetar-se de forma segura do avião, no entanto, um dos pilotos ficou preso num cabo de alta tensão durante duas horas.

Para além de a energia na zona ter sido cortada, foi preciso montar um perímetro de segurança de 500 metros e, com o auxílio de 20 viaturas, 40 bombeiros conseguiram resgatar o piloto, que já foi transportado para o hospital. Apesar de ter sido resgatado vivo, não se sabem ainda pormenores sobre o estado de saúde do piloto.

O avião militar, vindo da Bélgica no âmbito de um treino militar, não provocou vítimas mortais, mas provocou estragos. Uma das asas do F-16 cortou o telhado e a fachada de uma casa em Pluvigner, na região noroeste de França. Também um incêndio acabou por deflagrar na zona onde o avião caiu.