Desporto

Fernando Santos anuncia convocados para a seleção: Rúben Semedo estreia-se no plantel

Depois de ter estado preso durante cinco meses, em Espanha, o jogador parece estar a viver uma fase melhor.

Fernando Santos anunciou, esta quinta-feira, os convocados para os jogos da seleção portuguesa com o Luxemburgo e a Ucrânia, para a qualificação do Euro 2020. E Rúben Semedo é a maior surpresa do plantel.

Depois de ter sido preso em Espanha, em fevereiro do ano passado, durante cinco meses, na sequência de acusações de sequestro, agressão, detenção de arma e roubo, o jogador de 25 anos parece estar a viver uma fase melhor. O futebolista assinou este verão um contrato de quatro anos com o clube grego Olympiacos, onde tem mostrado uma boa performance e onde se estreou, esta semana, a marcar na Liga dos Campeões.

Fernando Santos tem apreciado de perto o desempenho de Rúben Semedo, o que permitirá ao jogador representar Portugal pela primeira vez em campo, algo que já ambiciona há muito tempo, como revelou numa entrevista em maio, quando representava o Rio Ave.

"Acho que não é por um percalço que as pessoas não podem ter direito a viver e a seguir o seu caminho. Soube reagir, soube estar e tem feito uma época muito boa no Olympiacos. Da outra vez esteve perto de ser convocado, mas estava lesionado. Socialmente é muito importante que tenha superado isso", declarou Fernando Santos, durante a conferência de empresa desta quinta-feira. 

Os convocados de Fernando Santos:

Guarda-redes: Beto (Goztepe), José Sá (Olympiakos) e Rui Patrício (Wolverhampton).

Defesas: Ricardo Pereira (Leicester), Nélson Semedo (Barcelona), José Fonte (Lille), Pepe (FC Porto), Rúben Dias (Benfica), Rúben Semedo (Olympiakos), Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund) e Mário Rui (Nápoles).

Médios: Danilo Pereira (FC Porto), Rúben Neves (Wolverhampton), William Carvalho (Bétis), Bruno Fernandes (Sporting), João Mário (Lokomotiv), João Moutinho (Wolverhampton), Pizzi (Benfica).

Avançados: Bernardo Silva (Manchester City), Bruma (PSV), Gonçalo Guedes (Valencia), Rafa Silva (SL Benfica), André Silva (Eintracht Frankfurt), Cristiano Ronaldo (Juventus), e João Félix (Atlético Madrid).