Desporto

Guardiola defendeu Bernardo Silva e agora Federação Inglesa está a analisar declarações

Em causa está um alegado tweet racista do jogador português.

As declarações de Pep Guardiola a defender Bernardo Silva, que foi acusado de conduta imprópria por um tweet considerado racista, estão a ser alvo de análise pela Federação Inglesa de Futebol (FA), avança a Sky Sports.

Recorde-se que Bernardo Silva fez uma publicação, no Twitter, numa brincadeira com o seu colega no Manchester City, Benjamin Mendy. O internacional português partilhou uma imagem do chocolate ‘Conguito’ ao lado de Mendy, que não pareceu ofendido e respondeu à publicação com três sorrisos e um emoji a bater palmas. "1-0 para ti, mas espera", respondeu o futebolista.

Depois de Bernardo Silva ter sido acusado de racismo pela associação Kick It Out, Guardiola defendeu o português.

"A imagem não é sobre a cor da pele. Ele tirou uma foto do Benjamim quando era mais jovem e relacionou-a com este desenho animado, que era bastante semelhante. Se quiserem fazer isso e perguntar ao Bernardo, acho que ele estará aberto para falar", começou por dizer, na altura, Guardiola.

"O Bernardo é uma pessoa excecional. Um tipo que sabe falar cinco línguas, porque tem uma mente aberta - nada sobre a cor da pele, nacionalidades ou qualquer outra coisa. São como irmãos”, acrescentou.

Esta quarta-feira, a FA acusou o português de má conduta e parece agora estar a analisar as declarações do técnico.