Internacional

Casal seduziu empresário através das redes sociais e depois espancou-o e enterrou-o vivo

Suspeita prometeu relações sexuais à vítima para esta se deslocar ao local onde viria a morrer.

DR  

Um casal foi detido pela Guardia Civil, em Saragoça, Espanha, suspeito do homicídio de um empresário, que estava desaparecido desde setembro.

De acordo com o jornal El País, o casal terá atraído José António Delgado para um encontro através das redes sociais. Depois de espancarem a vítima, os suspeitos terão enterrado a mesma com vida.

Hedangelin Lanzadábal, uma venezuelana de 34 anos, terá conhecido o empresário na rede social Badoo, onde lhe prometeu relações sexuais se este se deslocasse do País Basco, onde vivia, até Saragoça.

José António Delgado terá feito o que a mulher pediu no passado dia 6 de setembro. Depois de ser dado como desaparecido três dias depois, o seu cadáver foi encontrado no dia 26.

Além de espancarem a vítima para lhe roubarem os cartões de crédito, a venezuelana e o companheiro, Achraf Elbouti, um marroquino de 35 anos, terão enterrado o empresário ainda vivo, uma vez que tinha terra no nariz, traqueia e esófago.

A Guardia Civil conseguiu chegar aos suspeitos depois de estes usarem os cartões de crédito do empresário e de tentarem vender o carro deste na cidade.

O casal já havia estado envolvido em casos semelhantes. A Guardia Civil acredita ainda na existência de um terceiro suspeito.