Internacional

Hipódromo em Paris considerado obra metálica emblemática na Europa

Projeto tem intervenção da bysteel, empresa do dstgroup, de Braga.

O Hipódromo de Longchamp, em Paris, foi considerado como obra de estrutura metálica emblemática na Europa, tendo a realização da bysteel, do universo empresarial dstgroup, sido distinguida com dois prémios no European Steel Design Awards, nas categorias de Mérito 2019 e escolha do público relativamente a este grupo português sediado em Braga.

É o mais importante concurso de todo o setor de aço, que premeia, de dois em dois anos, promotores, arquitetos e construtores, responsáveis pela edificação de obras de estrutura metálica mais emblemáticas em toda a Europa, distinguiu assim a intervenção da bysteel.

Os prémios foram atribuídos pelo European Convention for Constructional Steelwork, no Museum of Musics Instrument, numa cerimónia que decorreu em Bruxelas, após o projeto ter sido apresentado a concurso pela Associação Portuguesa de Construção Metálica e Mista (CMM), também promotora do Portugal Steel Design Awards 2019, por se tratar de uma obra com intervenção da portuguesa bysteel.

O Hipódromo de ParisLongchamp é reconhecido internacionalmente como um dos mais exigentes circuitos de corridas de cavalos a nível mundial, sendo o palco da mais bela corrida de cavalos do mundo, a corrida do Arco do Triunfo. Foi imortalizado por pintores como Édouard Manet e era um dos locais preferidos de Degas, que, ao longo da vida, pintou 90 quadros relativos a corridas de cavalos.

A renovação do Hipódromo de Longchamp, que passou a ser designado por Hipódromo ParisLongchamp, é de autoria do arquiteto Dominique Perrault e contemplou a demolição de todas as bancadas construídas nos anos 60 e a sua substituição por uma única bancada – a nova Jockey Club Tribune –, que é simultaneamente mais compacta e funcional do que as originais.

A bysteel integrou o projeto de remodelação da “Tribune du Jockey”, nomeadamente através da conceção, fabrico e construção das estruturas metálicas e sistemas de fachada em alumínio e vidro, contribuindo de forma decisiva para a renovação deste importante espaço, inaugurado em 1857 por Napoleão III.

A “Tribune du Jockey” com 160 metros de comprimento e 23 metros de altura, apresenta uma “forma inclinada inspirada no movimento de um cavalo puro sangue a galope” e acolhe até 10 mil pessoas. Conta com quatro pisos e um restaurante no último piso, sobre uma estrutura em consola de grandes dimensões, com 23m de vão.

Recorde-se que, já na edição anterior, um dos “Prémio Mérito 2017” foi entregue ao Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, no qual também a bysteel foi responsável pelo fabrico, construção e conceção estrutural das ligações da estrutura metálica.

Para o presidente do Conselho de Administração do dstgroup, José Teixeira, os prémios “são o reconhecimento internacional do trabalho da bysteel, que é também distinguida neste prémio não só pela qualidade, rigor, eficiência, mas também pela apurada exigência técnica e de inovação que coloca ao serviço dos mais desafiantes projetos nacionais e internacionais”.