Internacional

Mulher matou seis familiares ao envenenar-lhes a comida

A sobrinha de dois anos foi uma das vítimas.

Jolly Joseph foi acusada de ter matado seis pessoas, nos últimos 14 anos. De acordo com as autoridades indianas, a professora de 47 anos colocava cianeto nas sopas, bebidas e snacks que servia às vítimas para as matar.

O caso ocorreu numa pequena aldeia no sudoeste da Índia, entre 2002 e 2014, de acordo com o The New York Times. Das seis vítimas mortais, cinco são familiares de Jolly Joseph: o seu primeiro marido, os seus dois sogros, o tio do seu primeiro marido, uma sobrinha de dois anos e a primeira mulher do seu segundo marido. 

Depois do primeiro marido de Joseph ter morrido, as autoridades começaram a investigar a professora e acabaram por deter dois cúmplices dos crimes, incluindo quem fornecia o veneno à mulher. A mulher foi detida no passado dia 5 de outubro e confessou os crimes às autoridades.

Segundo as autoridades, Joseph queria herdar propriedades valiosas que pertenciam à família do seu primeiro marido, por isso matava os seus familiares.