Vida

"Não faz sentido guerras e conflitos", diz Diogo Amaral sobre Jessica Athayde

Ator reafirmou que quando se tem um filho com alguém “a relação é para sempre”.

Diogo Amaral esteve na apresentação da nova novela da SIC Terra Brava, da qual faz parte do elenco, mas a conversa não foi só sobre a sua vida profissional.

Diogo Amaral falou dos dois filhos e da sua relação com Jessica Athayde, de quem se separou recentemente.

“Eu adoro ser pai”, afirmou o ator, acrescentando: “A paternidade é sempre uma novidade espetacular e uma aprendizagem incrível e constante”.

Diogo Amaral confessou ainda que ficou surpreendido com a reação do filho mais velho, Mateus, fruto da sua relação com Vera Kolodzig, ao irmão mais novo, Oliver, devido à ausência de ciúmes.

“O Mateus tem sido uma surpresa. Achei que ele ia querer matar o Oliver, o que seria normal, mas ele tem um orgulho enorme por ser o irmão mais velho”, disse orgulhoso.

Sobre a sua relação atual com a ex-namorada e mãe do seu filho mais novo, Jessica Atahyde, Diogo Amaral foi perentório em dizer que não existe qualquer mal-estar: “Acho que as coisas são o que tu fizeres delas e está tudo bem”. E acrescentou: “Não há outra maneira de tu olhares para a coisa. Tens um filho com uma pessoa porque quiseste, porque decidiste. Isso é uma coisa extraordinária e não faz sentido, para mim, guerras e conflitos. Não faz sentido”.

Questionado sobre uma possível reconciliação, o ator repetiu uma frase que já tinha proferido no documentário para a Vogue: “Quando tu tens um filho com uma pessoa, a tua relação é para sempre”.