Desporto

Jorge Jesus não quer regressar. "Estou super feliz no Brasil"

Focado no sonho de ganhar a Libertadores e o Brasileirão.

O treinador português Jorge Jesus admite que tem saudades de Portugal, mas tão cedo não vai regressar ao país.

"Eu estou super feliz no Flamengo. No Rio tenho sido tratado muito bem. Os resultados desportivos estão-me a encantar e também aos adeptos. A minha forma de estar vai ser 100% a defender o Flamengo, até ao último dia em que tiver contrato, porque tenho sido sempre assim. Tenho todo o orgulho no meu país, e em ser português, mas hoje estou muito bem no Brasil e a minha cabeça está 100% aqui, não está nada fora do Brasil e muito menos em Portugal", disse Jesus sem hesitar, questionado pelo Jornal de Notícias.

"Não tenho objetivos de regresso a Portugal. Mais: acho que dificilmente eu vou regressar a Portugal. Neste momento o meu foco é o Flamengo. Foi isso que me propus, foi por isso que aceitei esta proposta, já o disse aos dirigentes do Flamengo, [a quem agradeci] por me terem dado esta oportunidade", esclareceu.

Jorge Jesus fez questão de sublinhar que o seu objetivo ao ter ido treinar o clube brasileiro, está cada vez mais próximo de ser concretizado.

"Chegar à final dos Libertadores era o meu sonho. Já cheguei. Agora o segundo sonho é trabalhar para a conquistar e depois ser campeão do Brasil. Isto é o que neste momento me interessa. Tudo o resto não faz parte dos meus projetos futuros", acrescentou.

Recorde-se que o técnico de português, de 65 anos, chegou ao Flamengo quando a equipa estava em 2.º lugar no Campeonato Brasileiro, a oito pontos do 1.º, e hoje é líder incontestado, com uma diferença de 10 pontos sobre o Palmeiras), o segundo classificado, sendo que faltam dez jornadas para terminar o campeonato.

Jorge Jesus tem contrato até meados de 2020, mas uma cláusula especial no contrato permitir-lhe-ia sair em dezembro, depois do fim da competição. Mas com estas declarações, o mais certo é que o treinador não venha a fazer uso dela.