Internacional

Fernández vence eleições presidenciais na Argentina

Desde a vitória de Fernández nas primárias, em agosto, fugiram do país cerca de 12 mil milhões de dólares (10,8 mil milhões de euros).

O candidato de centro-esquerda, Alberto Fernández, venceu as eleições com 48% dos votos, passando o limiar para ser eleito Presidente da Argentina à primeira volta. Mauricio Macri, Presidente em funções, ficou-se por 40,4% dos votos. 

A Argentina atravessa uma grave crise financeira. Para acalmar os mercados, Macri reunir-se-á com Fernández esta terça-feira para dar um sinal de tranquilidade e fazer uma transição estável.

Desde a vitória de Fernández nas primárias, em agosto, fugiram do país cerca de 12 mil milhões de dólares (10,8 mil milhões de euros). Os mercados financeiros têm medo que Fernández entre em default, embora tenha garantido que não o faria e que iria, sim, procurar uma renegociação da dívida.  

A taxa de pobreza aumentou mais de 35% em comparação com o ano passado. Por outro lado, o peso argentino desvalorizou 70% face ao dólar desde janeiro de 2018.