Sociedade

Ataque ao quartel de Borba. Três suspeitos identificados

Recorde-se que um grupo de cerca de 20 pessoas de etnia cigana invadiu o quartel de bombeiros, esta madrugada, e deixou dois operacionais feridos

Três suspeitos do ataque ao quartel de bombeiros de Borba, em Évora, foram identificadas pela GNR, segundo declarações de uma fonte das autoridades à Lusa, não tendo ocorrido detenções. O caso irá seguir o procedimento normal, através do Ministério Público, acrescenta o agente.

Recorde-se que um grupo de cerca de 20 pessoas de etnia cigana invadiu o quartel dos bombeiros, esta madrugada, e deixou dois operacionais feridos, um por agressão a murro e o outro devido a vidros partidos da porta principal do quartel, de acordo com o comandante da corporação de Borba, Joaquim Branco, citando o Jornal de Notícias.